A Dramaturgia da Fotografia no e-Teatro

Um dos pontos mais importantes do e-Teatro é o trabalho de câmera e as concepções de filmagem e transmissão. No Teatro presencial, geralmente a gente só consegue assistir por uma perspectiva, ver uma imagem geral de um ângulo só. Mas a vantagem de trazer o Teatro para o ambiente digital é o mar de possibilidades que se abre ao usarmos as câmeras como parte da dramaturgia dos espetáculos!


Vemos muito disso no audiovisual. A câmera põe foco onde o espectador deve prestar atenção, ela conduz a história de forma tão importante quanto o texto. Isso é algo que a gente tem trazido e adaptado para o e-Teatro, e se mostra efetivo. Algumas obras utilizam mais de uma câmera para capturar o máximo de perspectivas possíveis, em diferentes ângulos e enquadramentos, planos mais abertos e planos mais fechados. E mesmo somente com uma câmera já existem opções para valorizar a filmagem! Nós conseguimos usar a limitação a nosso favor, e se torna mais comum o trabalho de movimentação de câmera. Entram aí outras escolhas, como escolher se as câmeras se mantêm paradas em tripés, se serão usadas na mão, se serão usados equipamentos para auxiliar na movimentação, etc. Cada quadro, cada imagem, passa uma sensação e uma ideia que se comunicam com o contexto do que se vê e do que se ouve. Um plano fechado, por exemplo, pode passar um sentimento de claustrofobia, ou de intimidade.


Os roteiros de cinema se tornam uma referência importante para nós nesse caso. Além do texto redigido com os diálogos e alguns direcionamentos de cena, é preciso fazer uma decupagem dos planos de filmagem, e por isso é comum que exista alguém cumprindo a função de direção de fotografia nos espetáculos de e-Teatro. Se as câmeras também ajudam a contar a história, então faz sentido ter alguém cuidando só disso e confirmando que as linguagens se alinham! Além de que isso garante a qualidade do produto final e ajuda a reforçar a visão da dramaturgia e da narrativa. Assim, as lentes ajudam a enfatizar o que as palavras querem expressar. É preciso entender como executar essa junção da direção de atores e da direção de fotografia e manter uma comunicação bem aberta entre as duas áreas, permitindo que elas consigam extrair o melhor da obra como um todo.


As linguagens do audiovisual e do Teatro são muito diferentes, então o e-Teatro se torna uma forma de encontrarmos como uma pode se beneficiar da outra, criando assim uma nova linguagem com novos formatos. O e-Teatro tem inovado porque não tem medo de borrar as linhas entre estes conceitos e experimentar. E os resultados têm provado que a ideia é boa. Então, bora continuar explorando!


Você gosta dessa mistura de linguagens? Concorda que o e-Teatro tem sido feliz nesse aspecto?


19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Criando no e-Teatro: a Dramaturgia Textual

O e-Teatro é uma nova linguagem, diferente das que já conhecemos, e isso exige adaptações dos formatos de execução, desde a dramaturgia à atuação. Existem muitos aspectos a serem explorados e, portant

Os Festivais Culturais Online Vieram Pra Ficar?

Com a intensificação da pandemia em 2020, muitas áreas foram migrando aos poucos para o universo digital. A arte em particular passou por um momento difícil que resultou em adaptações de formato como

"Os Príncipes e o Tesouro": Escolhas Que Nos Definem

O formato de e-Teatro tem trazido muitas possibilidades para a área artística. A junção de Teatro, games e tecnologia tem sido testada de diversas maneiras criativas e inovadoras. Um ótimo exemplo dis

Prêmio (1).png