Criando no e-Teatro: a Dramaturgia Textual

O e-Teatro é uma nova linguagem, diferente das que já conhecemos, e isso exige adaptações dos formatos de execução, desde a dramaturgia à atuação. Existem muitos aspectos a serem explorados e, portanto, vamos começar do começo: como é escrever uma dramaturgia para o e-Teatro?


Primeiro é preciso entender que o e-Teatro junta aspectos do Teatro tradicional, do audiovisual e de games, gerando assim uma linguagem própria. Não só isso, mas a junção de porções ao vivo e gravadas abrem novos caminhos e pontuam que nem todo e-Teatro terá o mesmo formato de dramaturgia. Cada um sofrerá alterações de acordo com o espetáculo e com sua execução desejada. Não existe uma fórmula definitiva ou um veredicto conclusivo, afinal, ainda estamos descobrindo e pesquisando a linguagem como um todo. Partindo daí, podemos refletir sobre o que se aprendeu até agora.


Em uma dramaturgia que utiliza a interatividade, é preciso decupar os caminhos da narrativa. Se usamos o mecanismo de enquetes, por exemplo, e elas alteram o caminho da cena ou o diálogo dos personagens, são feitas várias versões alternativas da mesma cena, mas cada uma com um caminho e/ou desfecho diferente da anterior. Se uma escolha leva ao diálogo ‘x’ e a outra leva ao diálogo ‘y’, é necessário escrever o desenvolvimento que ocorre para cada uma, entendendo também como essa escolha afeta o resto da história ou não. Caso existam efeitos duradouros das escolhas, é preciso esquematizar as ramificações de cada uma e colocá-las no papel. Isso pode levar ao desenvolvimento de diversas versões de um mesmo texto, e até mesmo em finais diferentes dependendo da apresentação. Isso pode incentivar os espectadores a assistirem a mesma peça várias vezes para poder vivenciar todas as opções possíveis.


Nos espetáculos que juntam vídeos gravados à porções ao vivo, a escrita de uma cena para a outra pode variar. As cenas gravadas geralmente passam por um processo de decupagem mais técnico, onde são pensados movimentos de câmera, ângulos, movimentações mais planejadas, partituras corporais, enquadramentos, etc. Esse processo se assemelha mais à criação no audiovisual. Já as cenas ao vivo possuem mais possibilidades de passar por alterações, e geralmente são estruturadas pela direção durante os ensaios. Isso tudo significa que muitas vezes a dramaturgia não se mantém a mesma ao longo do processo. São feitas adaptações conforme surgem novas descobertas e novos desfechos.


Ao mesclar vários formatos diferentes, a linguagem do e-Teatro se torna híbrida e abre inclusive formas de se apresentar um espetáculo presencialmente e transmiti-lo online ao mesmo tempo. Isso também pode afetar a dramaturgia, pensando que o público online provavelmente terá uma visão diferente da visão do público presencial. Isso pode alterar a forma de experienciar o espetáculo e também servir como incentivo para que a plateia assista a peça das duas formas para entender o conceito como um todo.


Apesar de ser um território novo, já é fácil afirmar que o e-Teatro abre infinitas possibilidades para a dramaturgia textual. Sem limitações de um formato totalmente ao vivo ou totalmente gravado, torna-se mais viável pensar em maneiras criativas de se contar a história e ainda permitir que o público ajude a contá-la sem prejudicar os atores ou a narrativa.


Qual sua opinião sobre as novas formas de se fazer e-Teatro? Conta tudo pra gente!

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

LOVE+ e a Existência Revolucionária

Se me perguntassem sobre o que é o projeto “LOVE+”, eu poderia dizer que é sobre amor e identidade. Não seria uma mentira, mas a verdade é que eu estaria simplificando o conceito do espetáculo. A peça

Criando no e-Teatro: Iluminação

Um dos elementos mais importantes em uma performance teatral é a iluminação, que não só serve o propósito de iluminar mas também de ambientar o espetáculo e até mesmo ajudar a contar a história. Mas c

Os Festivais Culturais Online Vieram Pra Ficar?

Com a intensificação da pandemia em 2020, muitas áreas foram migrando aos poucos para o universo digital. A arte em particular passou por um momento difícil que resultou em adaptações de formato como

Prêmio (1).png