Fala Comigo e o Silêncio da Solidão Que Já Nos Habitava

O quanto a pandemia causada pela COVID-19 mudou a sua rotina? Quantas atividades você deixou de fazer por conta do isolamento social? E quantas coisas permaneceram iguais? Quantas rotinas mantiveram-se inalteradas? O quão sozinho já estávamos mesmo antes de ser obrigatório? São esses alguns dos vários questionamentos propostos pelo espetáculo “Fala Comigo”, com direção de Carolina Guimarães.


Baseada na obra de Tennessee Williams, a história se transporta para o presente e mostra o dia a dia de uma mulher isolada em sua casa durante o período de decreto do isolamento social. Perdida não só em suas rotinas e nos fatores externos, mas também em seus pensamentos e em sua angústia, sua saúde mental se deteriora a cada dia que se mantém trancada. Para evitar o silêncio ensurdecedor, ela resolve conversar consigo mesma, explorando os aspectos de sua solidão e entendendo que vivia em isolamento do mundo muito antes da pandemia.


Com pensamento direcionado à apresentação online, é possível identificar na encenação a preocupação com a câmera e com a utilização dos recursos disponibilizados pela experiência digital. As atrizes em cena nos transportam para a mente desta personagem confusa e desnorteada em sua jornada de se reencontrar. A trilha sonora original, composta por Fabio Stamato, se torna quase uma terceira personagem, trazendo elementos melancólicos e nostálgicos enquanto o diálogo pinta as imagens descritas pela protagonista de forma vívida. A sensação é de que você se encontra isolado junto com ela.


O espetáculo é claustrofóbico, e questiona o quanto já nos encontrávamos isolados em nós mesmos antes mesmo de nos vermos em frente a uma pandemia mundial. Através das divagações da personagem consigo, entendemos o quão realmente importante é a convivência com o outro e a necessidade que temos de criar relações profundas. A troca se torna fundamental em um mundo que nos incentiva desde sempre a mantermos distância e cultivar nossa solidão mascarada de independência – talvez porque saibam que juntos nos tornamos mais fortes e a força assusta.


“Fala Comigo” é a história do encontro de uma pessoa consigo mesma em um momento que obrigou todos nós a repensarmos nossas relações e nossas conexões com o outro e com nós mesmos. O espetáculo está disponível gratuitamente na plataforma do #CulturaEmCasa até Junho de 2022, corre lá!


https://culturaemcasa.com.br/video/fala-comigo-festival-culturaemcasa/

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Criando no e-Teatro: a Dramaturgia Textual

O e-Teatro é uma nova linguagem, diferente das que já conhecemos, e isso exige adaptações dos formatos de execução, desde a dramaturgia à atuação. Existem muitos aspectos a serem explorados e, portant

Os Festivais Culturais Online Vieram Pra Ficar?

Com a intensificação da pandemia em 2020, muitas áreas foram migrando aos poucos para o universo digital. A arte em particular passou por um momento difícil que resultou em adaptações de formato como

"Os Príncipes e o Tesouro": Escolhas Que Nos Definem

O formato de e-Teatro tem trazido muitas possibilidades para a área artística. A junção de Teatro, games e tecnologia tem sido testada de diversas maneiras criativas e inovadoras. Um ótimo exemplo dis

Prêmio (1).png