Por que Temos Medo da Tecnologia?

O avanço da tecnologia se mantém constante e sem sinais de parar. São imensuráveis os investimentos em pesquisas que permitem a exploração das infinitas possibilidades que a tecnologia oferece. Mesmo com as descobertas e melhorias implantadas por conta dessas novas descobertas, ainda hoje é possível identificar resistência por parte da população em incorporar algumas tecnologias em suas vidas, mesmo aquelas que as facilitam. E é difícil entender o porquê.


O ponto principal, na visão de grande parte das reflexões feitas sobre o tema, é a aversão às mudanças. Esta aversão é identificada em diversos pontos da história da humanidade e por isso não surpreende. O café, ainda no início do século 17, era chamado de "bebida de Satã". O telefone demorou a ser levado a sério como uma invenção útil e foi chamado de "instrumento do diabo" antes de se tornar parte comum do dia a dia. Elementos que hoje são tão bem aceitos e utilizados no mundo todo tiveram uma recepção negativa quando foram primeiramente introduzidos à sociedade. A geladeira, o microondas, a televisão, todos foram questionados antes de serem aceitos. O receio é comum, mas a aceitação geralmente acontece conforme a experimentação, os testes. O problema é que, atualmente, muitos se recusam a testar o novo ou aceitá-lo como parte da realidade atual.


Quando surgiu o cinema, por exemplo, era difícil para as pessoas compreenderem o que estava acontecendo, o que era aquela nova tecnologia. Um famoso momento na história do cinema é a primeira exibição do curta-metragem "Chegada de um Trem à Estação" dos irmãos Lumière, onde o público correu desesperadamente para o fundo da sala de exibição quando o trem da filmagem se aproximou da tela. Para os espectadores, ainda era inconcebível o conceito de que aquilo não era real, que o trem era uma imagem em movimento. Hoje pode parecer uma bobagem, mas fazia sentido na época. No momento em que nos encontramos, é difícil pensar em conceitos que pareçam tão inconcebíveis como este era em 1896. Ainda assim, a resistência se mantém. Não temos como não citar o caso do Teatro, que tem passado por um processo de adaptação nos últimos anos com o teatro online. Este formato tem ganhado cada vez mais força e notoriedade, mas ainda enfrenta críticas e resistência principalmente pela própria classe artística. Talvez no futuro também veremos esse receio como uma bobagem.


Hoje em dia o ritmo das invenções é muito maior. Todo dia somos apresentados a uma nova criação, uma nova forma de ver o mundo. Essa velocidade assusta e exige que estejamos abertos à uma adaptação constante. O apego ao tradicionalismo e o prospecto da perda representada pela tecnologia afastam aqueles que têm dificuldades em aceitar os efeitos destas inovações. O avanço da tecnologia implica mudanças nos nossos modos de vida, expansão de comércio e da economia e nas relações com os outros. Isso pode causar medo no início, mas já passamos por processos assim e sobrevivemos. Por que não continuar? Existe sim a necessidade de cautela e de entender os limites do que a tecnologia nos proporciona. Mas a rejeição de inovações que trazem efeitos positivos não parece fazer sentido.


E você, o que acha? Qual a sua relação com a tecnologia? A gente quer saber!




REFERÊNCIAS


https://www.ip.usp.br/site/noticia/ja-rejeitamos-ate-cafe-e-geladeira-por-que-temos-tanto-medo-da-inovacao/

https://www.blogs.unicamp.br/apedra/2016/07/02/professores-e-resistencia-tecnologia-2/

https://valor.globo.com/google/amp/carreira/recursos-humanos/noticia/2019/05/30/resistencia-a-mudancas-e-entrave-a-tecnologia.ghtml


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Criando no e-Teatro: a Dramaturgia Textual

O e-Teatro é uma nova linguagem, diferente das que já conhecemos, e isso exige adaptações dos formatos de execução, desde a dramaturgia à atuação. Existem muitos aspectos a serem explorados e, portant

Os Festivais Culturais Online Vieram Pra Ficar?

Com a intensificação da pandemia em 2020, muitas áreas foram migrando aos poucos para o universo digital. A arte em particular passou por um momento difícil que resultou em adaptações de formato como

"Os Príncipes e o Tesouro": Escolhas Que Nos Definem

O formato de e-Teatro tem trazido muitas possibilidades para a área artística. A junção de Teatro, games e tecnologia tem sido testada de diversas maneiras criativas e inovadoras. Um ótimo exemplo dis

Prêmio (1).png